Aprenda tudo sobre Diamantes
 
 
 
 
Conheça os Cortes e Formatos de Diamantes
 
Os formatos variam de cortes redondos tradicionais até corações, peras e muito mais. Sua escolha deve refletir as preferências da pessoa que vai usar a jóia.
 
 
Um diamante bem cortado reflete a luz para maximizar o brilho da pedra. O corte tem três componentes:
  • Nível de corte de diamantes: uma graduação padrão descreve o corte pela forma ou perfil do diamante e o padrão do arranjo (também conhecido como estilo).
  • Profundidade de corte de diamantes: diamantes cortados muito rasos ou muito fundos perdem a luz pelo fundo ou pelos lados, fazendo que as pedras brilhem menos.
  • Polimento do diamante: um polimento ruim ou falhas podem diminuir o brilho do diamante, além de seu valor.

 

 

Determine os Quilates do Diamante
 
O tamanho do diamante é medido por peso em quilates ou pontos. Por serem raros os diamantes grandes, os preços sobem consideravelmente conforme sobe o peso em quilates. Se sua principal preocupação na compra for um alto quilate, com um quilate menor (0,05) você pode economizar bastante dinheiro, e sua jóia ainda ficará bonita.
 
1 Quilate = 100 Pontos = 200 miligramas
 
 
 

 

Estude a Clareza do Diamante
 
A maioria dos diamantes contém inclusões (pequenos traços minerais ou falhas) quase sempre invisíveis a olho nu. A claridade de um diamante é determinada pela quantidade e gravidade dessas inclusões. Diamantes sem falhas são muito raros e mais caros. Os vendedores do MercadoLivre sempre descrevem a clareza de um diamante maior, referindo-se à escala de graduação em letras. Por exemplo, o Instituto Gemológico Internacional (IGI) usa a seguinte graduação para a clareza:
 
 

 

Considere a Cor do Diamante
 
A maioria dos diamantes parecem brancos a olho nu, mas eles incluem traços de amarelo, sendo os incolores os mais valiosos. Um diamante profundamente colorido, como um brilhante canário, pode, porém, custar mais que um outro sem cor.
Diamantes caros, também chamados de diamantes Z+, vêm em variadas cores, incluindo amarelo, rosa, verde, laranja, azul, vermelho escuros ou preto.
 

 

Encontre os Diamantes Certos
 
Muitos vendedores incluem elogios aos diamantes (valor estimado de revenda) e informações de certificação. Certificados, documentos oficiais emitidos por gemólogos, incluem especificidades sobre uma pedra individual (pelo menos os quatro aspectos) independentemente do valor de mercado. Pode incluir informações sobre a qualidade do diamante, a validação de que um diamante é orgânico e o número de série dos diamantes marcados a laser.
 
Para comprar um diamante de qualidade:
  • Procure laboratórios de gemologia respeitados: certifique-se de que um gemologista respeitado ou laboratório emitiu um certificado de avaliação. Você vai ter problemas para determinar a imparcialidade de laboratórios não conhecidos.
  • Avalie a imagem da foto de graduação no certificado: procure listas com uma imagem de graduação do certificado e seu número de série. Alguns laboratórios oferecem serviços por Internet em que se pode digitar um número de série para confirmar que o laboratório avaliou um diamante e que as especificações são as mesmas.
  • Descubra a origem de um diamante: peça aos vendedores maiores informações sobre seu processo de confirmação da origem dos diamantes para que não termine comprando uma pedra falsa. Alguns vendedores no MercadoLivre especificam seus diamantes como "Kimberly Process confirmed". O Kimberly Process, formalmente lançado em 2003, tenta certificar os diamantes internacionalmente e identificar as origens de cada um.
Laboratórios de pesquisas gemológicas
Conheça esses laboratórios antes de comprar seu diamante. A fama dos laboratórios pode mudar com o tempo. Entre os laboratórios populares que certificam diamantes e pedras, estão:
  • Instituto Gemológico da América (Gemological Institute of America GIA): muitos no ramo consideram o GIA o padrão dos avaliadores de ouro e diamantes. Criada em 1931, a organização sem fins lucrativos tem seu quartel-general em Carlsbad, Califórnia, e tem presença em vários locais no mundo todo.
  • Instituto Gemológico Internacional (International Gemological Institute IGI): a IGI avalia diamantes e pedras preciosas a partir de seu quartel-general em Nova Iorque e de vários outros pelos Estados Unidos.
  • American Gem Society Laboratories AGSL): fundada em 1978, a AGSL está baseada em Las Vegas, Nevada.
  • Laboratório Gemológico Europa-USA (European EGL-US):-Gemological Laboratory USA  há poucos laboratórios independentes avaliando pedras com a chancela do EGL. Os certificados EGL dos EUA, porém, são os únicos EGL permitidos no país. O EGL US é de propriedade independente desde 1986 e está baseado em Nova Iorque.
 

 

Selecione Diamantes Aumentados
 
Nem todos os diamantes vêm diretamente da natureza. Os realces principais são:
  • Diamantes de clareza aumentada: os diamantes de clareza aumentada passaram por tratamento de remoção de imperfeições visíveis. No processo de aumento de clareza, quantidades microscópicas de material semelhante ao diamante são inseridas nas falhas. A luz, então, flui livremente pelo diamante, eliminando imperfeições da vista. Por conta de o material ser usado em pequenas quantidades, não aumenta o peso do diamante.
  • Diamantes de cor aumentada: diamantes de cor aumentada passaram por tratamento para alterar ou aumentar a cor. Alguns procedimentos podem mudar a cor natural de um diamante, incluindo a irradiação por meio de partículas de alta energia. Dependendo da cor resultante, diamantes coloridos "depois" podem ser mais caros do que outros não tratados. O processo seguro de irradiação não afeta qualquer aspecto do diamante além da cor.
  • Diamantes escavados a laser: os diamantes escavados a laser passaram por um tratamento de remoção de inclusões com laser. A perfuração a laser oferece remoção permanente de inclusão e não afeta a força do diamante.
  • Diamantes de Alta Pressão e Alta Temperatura (HPHT): os diamantes HPHT são criados estimulando-se condições geológicas que produzem diamantes orgânicos. Um pequeno núcleo oferecendo o centro do diamante é colocado em uma superfície de carbono. As pressões e temperaturas extremas são aplicadas. O carbono, então, forma um cristal de diamante.
  • Diamantes de Deposição de Vapor Químico (CVD): o processo CVD mistura carbono na forma gasosa com hidrogênio e metano. Quando aquecida, a mistura se transforma em núcleos de diamantes que lentamente crescem até se transformarem em diamantes.
Produtos similares a diamantes:
  • Zircônia cúbica: a zirconia cúbica (cubic CZ) é feita de óxido de zircônio. A CZ guarda forte semelhança com os-zircone diamantes, mas não contém as mesmas impurezas. Profissionais (e alguns leigos) podem ver a diferença entre as CZ olhando para as faces da pedra e clareza sob lentes.
  • Moissanite: similar ao diamante, é criado com carboneto de silício e tem propriedades similares aos diamantes, incluindo dureza extrema, brilho e inclusões. Por causa da semelhança próxima, os moissanites sempre custam mais do que a CZ.
  • Imitações de diamantes: as imitações são cristais cortados para se parecerem com diamantes. Elas não têm a dureza e o brilho dos diamantes naturais.
 

 

Cuide de seus Diamantes 
 
Os diamantes são a substância mais dura encontrada naturalmente na Terra, mas mesmo assim podem se partir. Quando comprar jóias com diamantes, escolha com cuidado. Jogos com quatro peças, seis ou canais discretos ou chanfros são mais aptos a proteger seus diamantes. Quando levar uma jóia com diamante para casa, guarde as peças individualmente em estojos de tecido macio para evitar que se choquem uma contra a outra.
 
Limpe seus diamantes
 
Poeira, óleo da pele e outras substâncias podem fazer que seus diamantes percam o brilho. Limpe seus diamantes periodicamente com água e sabão. Seque ao ar e lustre com um pano macio. Uma escovação de vez em quando com uma escova de dentes macia pode ajudar a tirar a sujeira acumulada entre as ranhuras. Para as manchas mais resistentes, use uma solução fraca de amônia e água (uma parte para quatro) com uma escova macia. Lembre-se de tratar as jóias de metal com delicadeza quando limpar seus diamantes, já que o ouro pode se arranhar.
Peça sempre a seu joalheiro para verificar se seus diamantes estão firmes na jóia para evitar que as pedras caiam. Um joalheiro pode também limpar os diamantes e pedras com vapor e ultra-som, mas o ultra-som pode piorar fissuras e falhas internas.
 

 

 
 

 

 
 

 

 
 

 

 

 

 

Search
My Account
Shopping Cart